Tags

, , , , , , , , , , , , , ,

loire004Como prometido há duas semanas, um dos meus lugares para tomar um chá a tarde enfim no blog.
Tanto sozinha, mas acompanhada de um bom livro, ou com amigas Le Loir Dans La Théière é um dos meus lugares favoritos.
Acho pelo clima, descontraído e a decoração (casual), mas principalmente pela torta de castanhas. Deslumbrante, perfeita…
Argumentos não faltam para essa maravilha.
Estou até hoje atrás da bem dita receita, mas eles não cedem aos meus apelos afamados de fã incondicional.
Quem sabe um dia?
Ao escrever esse post estou sofrendo, melhor salivando por uma fatia da torta.
loire002 loire001A última vez que fui, em outubro, eles não tinham a minha maravilha. O fato foi remediado com uma fatia de torta de figos. As tortas e bolos são caseiros e seguem as estações. Opção é o que não falta.
Veja o que mais surpreende, marca registrada da casa é a tal da torta de limão, vejam a foto abaixo.
loire007Essa eu nunca provei, merengue não é comigo, mas os fãs dizem que é uma maravilha. E mesmo os mais gourmands dizem que é preciso dividir tamanho o nível de açúcar alcançado numa fatia da dita cuja.
Falando nos chás, não pensem que a casa oferece uma escolha enorme. A bem da verdade a escolha pequena, mas o que vale é o lugar.

Gosto do local para almoçar também, pratos simples, como tortas salgadas ou omeletes, acompanhando de saladas, ou mesmo um prato do dia. Tudo sempre gostoso e com preço camarada.
Já fui almoçar e encontrei gente tomando brunch por lá. Desse tópico eu não posso falar, pois nunca degustei o brunch da casa, apesar de assídua e fã de brunchs.
loire005

Para remediar colocarei uns endereços que freqüento e aconselho de brunchs, num próximo post.
A casa fecha as portas “cedo”, de qualquer forma a partir de certa hora, as tortas são escassas, pois é o pessoal do chá da tarde as consumiu. E quando resta são apenas uma ou duas fatias e olhe lá.
Então se quiserem ter opção quanto as deliciosas tortas não cheguem muito tarde.

O bom é que vocês podem imendar após um almoço uma ida a COS, ou o inverso um chá e depois uma visita a COS (entre outras escapadas pelo bairro).
E o nome, vocês devem se perguntar, ele é inspirado no livro Alice no país das maravilhas, Lewis Caroll.

Lembrando que devido ao sucesso da casa, as filas de espera ocorrem com muita freqüência, principalmente nos finais de semana.

Le Loir Dans La Théière
3 Rue des Rosiers, 75004 Paris
De Segunda a sexta: 10h às 19h30
Sábado e domingo: 9h30 às 19h30

Fonte: Imagens Google.

Anúncios