Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

canal2 assinatura

No verão passado demos uma de turistas em Paris, posso dizer foi bem divertido e gostoso.
Por conta dos meus estudos, resolvi dar uma de guia, e redescobrir Montmartre entre outros lugares pitorescos de Paris, o que vocês sabem não são difíceis de achar.
Nada mais divertido do que redescobrir sua cidade, e um dos passeios eleitos, foi algo que desconhecia completamente, mas que é muito agradável Canauxrama.
Um passeio de barco, que eles definem como croisière du vieux Paris, cruzeiro do velho Paris. Saimos do port de plaisance Paris-Arsenal e fomos até o Parc de la Villette. E possível fazer o inverso.
canalmapaJá que sairíamos pela Bastille resolvemos almoçar por ali mesmo, num lugar que descobri através minha mãe há alguns anos num dia de muito calor em Paris, o Le Grand Bleu que inclusive fica na frente da onde sai o passeio. Comemos algo leve todos foram de peixes, especialidade do restaurante.
A descoberta do canal partindo pela Bastilha foi uma delicia (até tinha feito outros passeios para festas e casamentos, mas nunca um histórico), ao adentrar a abóbada com sua brisa fresca e úmida de cave a história começa.
Seguindo pelo canal, e pensando que aquilo tudo foi construído num projeto do antigo regime, para evitar problemas sanitários como cólera e etc em Paris.
O canal teve uma circulação intensa, inclusive tão intensa que demorava horas para passar e chegar de um ponto ao outro. O transporte do canal garantia além da água potável, mercadorias para fornecer Paris, como alimentos, mas também material de construção. Inclusive no passeio vocês verão as antigas usinas que ficavam próximas às margens do canal e não só.
Para chegar de um ponto ao outro do canal, precisamos passar as famosas quatro écluses, eclusas.

Passando pelo canal impossível de vocês não pensarem na Audrey Tatou em Amelie Poulin atirando suas pedrinhas.
hôtel du nordMas nesse mesmo canal que servia para transportar e fornecer Paris o guia faz alusão ao filme Hôtel du Nord de 1938 com sua famosa cena no canal contracenada por Louis Jouvet e Arletty e seu famoso Atmosphère num sotaque mais parisiense impossível.

O filme usou como pano de fundo o Canal, mas devido forte afluência era impossível filmar ali, então tudo foi recriado em estúdio. Por essa eu não esperava.
O canal e uma festa à noite, um local boêmio jovem que apreciou particularmente. Nos finais de semana e principalmente quando está calor e podemos sentar a beira fazer um pique-nique e jogar papo fora. Seja após uma refeição pelos arredores, ou seja, para flanar, eu adoro o local e aconselho piamente.dimanche_au_canal_st-martinEu indiquei há muito tempo atrás o restaurante Le Cambodge, falarei de outros restaurantes no bairro nos arredores do canal.
Redescobrir Paris ou ser um turista em sua própria cidade é uma experiência ótima, que conto repetir num próximo e calmo verão que estiver na capital. Não só para mim, mas para aqueles que me acompanharam nessa pequena aventura, foi algo muito prazeroso.

Canauxrama
Indico comprar com antecedência os ingressos. O passeio dura 2h30.
Adulto: 16€
Estudantes e acima de 60 anos: 12€
Crianças: 4 a 12 anos: 8,50€
Menores de 4 anos: gratuito

Restaurante Le Grand Bleu:
11 Boulevard de la Bastille, 75012 Paris
Tel:01 43 45 19 99
Metrô: Bastille

Imagens: Pessoais e google

Anúncios