Tags

, , , , , , , ,

Ismérie

Ismérie

Passeio muitos anos em Paris sem achar um lugar com o qual me identificasse, inclusive aproveitava as idas ao Rio para resolver meus cortes.
Eu sou adepta dos salões de cabeleireiro íntimos dois quais 2 a 3 pessoas no máximo são atendidas. Gosto dessa coisa intima dessa paz e da troca com o profissional que está ali naquela hora contigo e mais ninguém.

Se você é como eu, uma pessoa discreta que curte essa coisa mais intima e sem frufru eu tenho duas dicas preciosas que aprecio particularmente. São os dois salões que frequento em Paris. E neles inclusive que envio familiares e amigos, sejam eles franceses estrangeiros ou parisienses.

Adoro esse charme desses pequenos salões de cabeleireiro parisienses, cada um deles tem um charme particular.
Os dois salões de cabeleireiro que frequento são: Le 58 próximo a Place des Vosges e o Ismérie num loft próximo ao cinema Grand Rex.

Le 58

Le 58

Eu comecei a fazer umas mudanças na cor dos meus cabelos há bem pouco tempo atras, comecei inclusive no Le 58, com a Marion que me fez um banho de sol para iluminar o rosto durante um longo inverno. De cara, eu amei, primeiro o efeito natural e a paciência de jó dela com minhas duvidas e anseios. Para vocês terem uma idéia de qual natural ficou, ninguém me apontou do dedo para dizer algo Ih você fez balayages/ ombré hair ou algo do gênero. Só recebi elogios de quanto estava radiante.
A equipe é formada por Pauline e Marion.

Sai de la outra cortei as madeixas e iluminei. Aquele foi inclusive o pontapé inicial para essa brincadeira do qual não me arrisco uma mudança total, mas esquentar o meu ton e iluminar meu rosto hoje em dia não abro mão.

Para um corte estudado, aqueles cortes mais “radicais”  aconselho o salão Ismérie.
Ao adentrar esse apartamento /loft parisiense você ja sente o ambiente descontraído onde o vous não tem espaço. Ismérie bate um papo contigo para saber suas expectativas, te apresenta 500 cortes em seu Mac para entender o que você busca e de la partimos para as tesouras. Ela passa 1 hora contigo ou até mais. Antes do corte é claro o shampoo na cadeira relaxante é mais do que bem vindo.

Acredito que a barreira da língua não seja um problema, acho que é possível comunicar em inglês. Não sei se em ambos, vale checar ao ligar para marcar hora.
A equipe do Ismérie é formada por Ismérie nas tesouras, Alex na coloração e  Flavien que também corta e acredito que brinque com a coloração.
No final do corte eles irão te encaminhar para o photomaton e você poderá fazer 3 fotos 3×4 e se enviar por e-mail ou publicar diretamente nas redes sociais.

Por fim um salão que tenho andado tentada a fazer uma infidelidade é o L’Atelier Blanc, esse eu só li, nunca fui. O problema além do preço é que uma vez que encontro a perola rara dificilmente mudo. É o caso de vocês?

Ismérie:
17 rue des Jeuneurs 75002
06 58 58 39 18 (celular)
Segunda a sábado de 11h às 21h

Tarifas:
Corte, shampoo e escova :
Flavien  65€ feminino 50€ masculino
Ismerie 80€ feminino 60€ masculino
Tintura: entre 50€ e 130€

Le 58
58 rue des Tournelles 75004
01 42 78 79 17 (fixo)
Terça a sábado de 10h às 19h30

Tarifas :
Corte e escova: entre 50€ e 70€
Escova: entre 35€ e 50€
Balayage : entre 80€ e 130€
Tintura : entre 70€ e 90€

L’Atelier Blanc
6 rue Mayran 75009
01 42 39 62 70
http://www.latelierblanc.com/

Em ambos os salões o shampoo, condicionador e escova estão inclusos. Vale ressaltar que Ismérie não costuma fazer aquela escova tradicional, ela gosta de dar uma bossa na cabeleira. E sempre que fui ao 58, Marion ofereceu me fazer uma escova diferente para mudar o look ainda mais.

Fonte Imagem: Le 58 e Ismérie

Anúncios